Xavier em Barcelona: Albergue Espanhol (2002)

Fotos: Divulgação Bac Films

Resumo da história

Albergue Espanhol (2002) nos apresenta a Xavier Rousseau (Romain Duris), um parisiense de vinte e poucos anos de idade que decide estudar na Espanha para conseguir um emprego no Ministère de l'Économie, des Finances et de l’Industrie (139 rue de Bercy, Paris), que tem negócios com o país vizinho e prefere funcionários que falem espanhol. Depois de conseguir uma bolsa do Erasmus para cursar Economia, o rapaz despede-se de sua mãe (Martine Demaret) e da namorada, Martine (Audrey Tautou), e vai passar um ano em Barcelona.

Já na chegada à cidade catalã, Xavier conhece Jean-Michel (Xavier de Guillebon) e Anne-Sophie (Judith Godrèche), um casal francês que o acolhe nos seus primeiros dias por lá. Logo depois, ele consegue um quarto numa república de estudantes composta por jovens de outras partes da Europa: a inglesa Wendy (Kelly Reilly), a espanhola Soledad (Cristina Brando), o alemão Tobias (Barnaby Metschurat), o italiano Alessandro (Federico D´Anna), o dinamarquês Lars (Christian Pagh) e a belga Isabelle (Cécile De France). No albergue, Xavier também conhece William (Kevin Bishop), o irmão de Wendy, que vai passar duas semanas com a irmã e, aos trancos e barrancos por causa de suas brincadeiras preconceituosas, se integra ao grupo.


Locações em Barcelona

Metrô Urquinaona, Plaça Reial, Barceloneta, Parc Güell,
Sagrada Família e a Rambla del Mar (Fotos: Fran Mateus)

Metrô Urquinaona

Na chegada a Barcelona, Xavier desce do Metrô Urquinaona direto na Plaça de Catalunya e segue, carregado de malas, pelas ruas do Barri Gótic, em busca da Carrer des Escudellers, onde deveria se hospedar no apartamento de uma conhecida de sua mãe.


Plaça Reial

Pelo caminho, ele passa pela animada Plaça Reial, na divertida cena do “Eu estou aqui”. Essa praça data de 1848 e ostenta postes de luz forjados por Antoni Gaudí (1852-1926). 


Praia de Barceloneta

Quando quer escrever ou telefonar para Martine, Xavier faz isso nos bancos ou nos cafés dessa praia. Numa de suas cartas, ele comenta com ela que é bom viver numa cidade com mar porque dá uma sensação de férias.


Parc Güell

Atendendo a um pedido de Jean-Michel, Xavier leva Anne-Sophie (Judith Godrèche) para visitar os pontos turísticos da cidade. Um deles é o famoso parque de Gaudí, que aparece em duas cenas: na primeira vez em que a dupla sai junta e, depois, quando ele descobre que está apaixonado por ela e retorna ao local para confessar-lhe os seus sentimentos e beijá-la. O Parc Güell possui formas espetaculares, uma linda e curvilínea bancada coberta por mosaicos coloridos e vista para o mar.


La Sagrada Família

Um dos lugares para onde Xavier leva Anne-Sophie é a igreja desenhada por Gaudí. Ao subirem numa das galerias com vista para a cidade, Anne-Sophie sente-se mal e desmaia nos braços de Xavier. 

A Sagrada Família é um dos lugares mais visitados da cidade. Ela teve a sua construção iniciada em 1883, mas continua inacabada até hoje. A expectativa é de que ela seja concluída em 2026, por ocasião do centenário da morte de Gaudí.


Las Ramblas

Xavier e Isabelle caminham pela rua mais movimentada de Barcelona, quando ele recebe o telefonema que confirma que a turma do albergue gostou dele e que ele pode se mudar para lá.


Bar Iposa

Nesse bar da Carrer Floristes de la Rambla, nº 14, Xavier conhece os irmãos Juan (Javier Coromina), que lhe ensina a falar o espanhol de "puta madre", e Neus (Irene Montalà), com quem ele namorará no filme seguinte, Bonecas Russas (2005). 


Rambla del Mar

Passando por um momento complicado de sua vida, visto que Martine terminou com ele e Jean-Michel descobriu o seu caso com Anne-Sophie, Xavier vai espairecer na Rambla del Mar. Ali, ele vê Wendy namorando com Bruce (Olivier Raynal), o americano que ela conheceu na noite em que todos do albergue sairam juntos.


Lições aprendidas e Bonecas Russas

Além da oportunidade de morar e se divertir em outro país, a experiência em Barcelona ensinou, pelo menos, duas coisas importantes para Xavier (e para nós, espectadores): primeiro, que saber falar um outro idioma, combinando com um bom networking, abre portas em empresas com negócios internacionais; e segundo, que é preciso respeitar a língua, a cultura e os valores das pessoas que falam, pensam e agem diferente de você, independente do país onde ela nasceu ou cresceu.  

As aventuras e dúvidas existenciais de Xavier e de seus amigos do albergue espanhol marcaram jovens do início do século XXI de todos os cantos do mundo, especialmente aqueles que viveram situações parecidas e em contato com pessoas de outras culturas. Ciente desse sucesso, o diretor Cédric Klapisch continuou contando a históra do jovem francês e dos amigos que o acompanharam ao longo dos anos nos filmes Bonecas Russas (2005) e O Enigma Chinês (2013), temas dos próximos posts desse blog. 


Créditos:
Título original: L´auberge espagnole (2002) 
Direção: Cédric Klapisch
Fotos do filme: Divulgação Bac Films


Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"