Sydney no cinema

Pôsteres: divulgação

Por Fran Mateus

Sydney é a cidade mais famosa e cosmopolita da Austrália, além de ser uma das mais bonitas do mundo. Conhecida como "City of film" (tradução literal: Cidade de filme), ela não só ambientou um dos maiores estúdios do mundo, o Fox Studios Australia, como via sua arquitetura e beleza natural serem exibidas em grandes produções cinematográfcas, por exemplo, nos filmes:

Matrix (1999)

Mad Max: A Estrada da Fúria (2015)

Max Max: Além da Cúpula do Trovão (1985)

Missão Impossível 2 (2000)

O Casamento de Muriel (1994)

O Grande Gatsby (2013)

Priscilla, a Rainha do Deserto (1994)

Procurando Nemo (2003)

Star Wars: Episódio II - O Ataque dos Clones (2002)

Thor: Amor e Trovão (previsto para 2022)

X-Men Origens: Wolverine (2009)

 

Fotos dos filmes: divulgação

Sobre as locações, muitas delas são lugares bem conhecidos até por quem nunca esteve em Sydney, como a Ópera House, a Harbour Bridge, a sua Baía. Outros lugares, são mais conhecidos por quem vive ou visita a cidade, por exemplo, a Martin Place e a Oxford Street.

Ópera House & Harbour Bridge

Entre as locações ‘ao ar livre’ da cidade, dois cartões postais costumam ser disputados pelos diretores de cinema e seus gerentes de locações: a Opera House e a Harbour Bridge. Entre os títulos famosos com cenas nelas estão Missão Impossível 2 e Priscilla – A Rainha do Deserto. 


Darling Harbour

Darling Harbour é uma das áreas mais bonitas e agradáveis do centro de Sidney. Nela, o visitante encontra as mais variadas formas de diversão: cinema, shopping, museu marítimo, cafés, salas de shows, espaço para esportes e outras atrações recreativas. A região é mostrada nos filmes Missão Impossível 2 e O Casamento de Muriel. Dela, é possível ter uma vista dos arranha-céus do centro financeiro da cidade que aparecem no início de Matrix, na cena em que Neo (Keanu Reeves) cogita se jogar de um deles.


Martin Place

A Martin Place fica na região financeira e comercial de Sidney e é um dos lugares mais movimentados do centro da cidade. Essa área larga é fechada para carros e o endereço da emissora de tevê 7, de galerias comerciais, lojas de grifes de luxo, do antigo prédio dos Correios da cidade e de muitas cafeterias. Para vê-la na telinha, basta assistir Matrix; ela aparece na cena em que Neo vê uma jovem loira, belíssima e vestida de vermelho. O rapaz quase perde a cabeça ao virar-se e olhar para ela. Outro filme que também teve cena nesse local foi Superman - O Retorno (2006).

 

Oxford Street

O Casamento de Muriel é um dos filmes australianos mais lembrado entre os cinéfilos. Quem o viu, deve lembrar-se que Muriel (Toni Collette) só conseguia ser feliz quando fazia duas coisas: escutava músicas do ABBA e fazia planos para casar-se (mesmo sem namorado). Um certo dia, a jovem deixa a casa da família, numa cidadezinha litorânea da Austrália, para morar em Sidney. Na metrópole, ela passa a trabalhar na Videodrama, uma locadora de filmes que ocupava o 135 da Oxford Street, em Darlinghurst (curiosidade: em jan/21, o imóvel estava desocupado e disponível para aluguel). A longa rua onde Muriel conseguiu trabalho é repleta de pubs, restaurantes, cafés, lojas de roupas e muitos outros points frequentado pela turma animada da cidade; de bônus, Oxford Street ainda fica perto de Bondy Beach. Para Muriel, melhor que isso, só casando!


Fox Studios

O maior complexo de estúdios de cinema do Hemisfério Sul foi abertos em maio de 1998, em Moore Park, nos arredores de Sidney. Mesmo sendo novo quando comparado com a sua versão americana, a Fox australiana já acumula muitos títulos de peso no currículo, entre os quais estão Moulin Rouge - Amor em Vermelho (2001), Austrália (2008) e O Grande Gatsby (2013), filmes do diretor prata da casa, Baz Luhrmann. 

As produções estrangeiras realizadas na Fox australiana incluem os arrasa-quarteirões X-MenOrigens: Wolverine (2009), Mad Max: a Estrada da Fúria (2015) e títulos da saga Star Wars como Episódio 2 - O Ataque dos Clones (2002) e Episódio 3 - A Vingança dos Sith (2005). A lista é longa...


Made in Australia

Para mim, pensar em cinema em Sydney sempre foi pensar em Hugh Jackman, o ator hollywoodiano mais famoso nascido na cidade. Durante muito tempo, eu também acreditei que Nicole Kidman, Guy Pearce e Hugo Weaving fossem naturais da Austrália, mas esses pesos-pesados do cinema nasceram, respectivamente, nos Estados Unidos, no Reino Unido e na Nigéria e, depois, mudaram-se com os seus pais para a terra dos cangurus. Já Cate Blanchett, Chris Hemsworth e Eric Bana, por sua vez, são australianos originais, mas de uma outra cidade famosa, a elegante Melborne.

 

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"