"Sideways - Entre Umas e Outras" em Santa Bárbara



Por Fran Mateus

"Sideways - Entre Umas e Outras" (2004) começa num sábado, sete dias antes do casamento do ator de televisão, Jack (Thomas Haden Church). Para comemorar a despedida de solteiro desse amigo de infância, o expert em vinhos, Miles (Paul Giamati), decide levá-lo para fazer um tour pelos vinhedos do Condado de Santa Barbara, na Califórnia. A sofisticada ideia do sério e responsável padrinho do noivo é a de que ambos passem um tempo juntos, degustando os vinhos da região, comendo bem e jogando golfe. O bon vivant Jack, no entanto, quer mais do que isso: ele planeja aproveitar os últimos dias de solteiro para ficar com quantas mulheres conseguir no período.

Esse road movie de Alexander Payne foi adaptado do livro "Sideways", de Rex Pickett (acredite em mim: o roteiro do filme conseguiu ficar ainda melhor do que a história contada pelo escritor), e combina situações hilárias (proporcionadas, principalmente, pelo mentiroso compulsivo Jack) com drama (Miles está em depressão há dois anos por causa do fim de seu casamento). A viagem dos rapazes também tem seus momentos de romantismo (entre Miles e Maya) e de pegação total (entre Jack e Stephanie), além de belas imagens dos vinhedos californianos. Desde que foi lançado e indicado a 5 Oscars (venceu o de roteiro adaptado), "Sideways" se transformou num dos filmes mais queridos do público mundial e viu as suas locações virarem destinos cobiçados por cinéfilos e apreciadores das uvas Pinot Noir e Cabernet Sauvignon (exceto Merlot - quem viu o filme sabe a razão 😃). Os endereços de alguns desses lugares estão aqui:

Fotos do filme: divulgação Fox Searchlight

1- Depois de dirigir de San Diego, onde mora, até Los Angeles, onde Jack está, Miles pega a estrada rumo ao Condado de Santa Bárbara. Os amigos fazem um pit stop na casa da mãe de Miles, onde jantam e celebram o aniversário dela. No domingo, eles seguem viagem para Buelton e, antes de chegarem no hotel, pegam a histórica Santa Rosa Road para beberem algo num dos vinhedos da estrada.


2- A dupla para na Alma Rosa Winery, onde Miles ensina Jack sobre como degustar uma taça de vinho. Depois de todas as explicações didáticas, ele descobre que o amigo cometeu o pecado de saborear a preciosa bebida com um chiclete na boca (7250 Santa Rosa Road, Buelton).


3- Os homens se hospedam no Days Inn Windmill, locação onde uma parte da trama acontece. Particularmente, gostei da cena em que Miles entra numa área de uso dos hóspedes e se serve de café (coisa de viciada em cafeína 😉). Com o sucesso do filme, o nome desse hotel foi mudado para o "mais adequado e vendedor" Sideways Inn (114 East Highway 246, Buelton).


4- Na primeira noite em Buelton, Miles e Jack vão jantar no The Hitching Post II (406 East Highway 246), local de trabalho de Maya (Virgínia Madsen). Sacando que a garçonete está interessada no amigo, Jack decide "ajudá-lo" dizendo que o seu livro está para ser publicado (uma mentira) e alegando ser esse o motivo dos dois estarem na região (mais uma mentira).


5- No dia seguinte, Jack conhece Stephanie (Sandra Oh) e flerta com ela. Os dois combinam de sairem juntos e levarem Maya (de quem ela é amiga) para acompanhar Miles. Primeiro, o quarteto janta no Los Olivos Café & Wine Merchant (2879 Grand Avenue, Los Olivos). Depois, ele segue para a casa de Stephanie, onde acontece uma das cenas mais lembradas dessa história: a que Miles explica para Maya porque gosta tanto de pinot noir.


6. Após uma semana repleta de momentos agradáveis e alguns apuros, Miles e Jack aproveitam a última noite no Condado para jantarem no A.J. Spurs (350 East Highway 246). Ali, o ator paquera a garçonete Cammi (Missy Doty) e decide, apesar dos alertas de Miles, encerrar a sua vida de solteiro nos lençóis da casa dela. Acontece que a jovem é casada e esse "pequeno detalhe" fará com que Jack se meta em mais um problema antes de voltar para casa.


Pessoalmente, acho "Sideways - Entre Umas e Outras" (com o final que Payne criou, um pouco diferente do livro) um dos melhores títulos das últimas décadas, tanto nos quesitos 'filme de viagem' e diversão como pela construção do personagem de Miles (em alguns momentos, as suas dores -amorosa e profissional- são quase tangíveis, fazendo com que empatizemos com ele). De 2004 até hoje, eu não sei dizer quantas vezes já vi essa história, mas estou certa de que não me cansarei dela tão cedo e de que vou revisitá-la todas as vezes que me der vontade, seja para rir muito, para pensar um pouco ou para programar um passeio pela Costa Oeste americana.



Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"