"X-Men: Apocalipse" (Maratona 8 de 9)

Depois dos acontecimentos de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014), a Saga X-Men tomou dois rumos. O primeiro foi X-Men Apocalipse (2016), que mostra o novo passado de Professor Charles Xavier (James McAvoy), Erik/Magneto (Michael Fassbender), Raven/Mystique (Jennifer Lawrence) e Hank/Fera (Nicholas Hoult) e tem trama ambientada em 1983. O segundo rumo, e tema do próximo post, é Logan (2017), que segue o arco narrativo de Logan/Wolverine (Hugh Jackman) e Professor Charles Xavier (Patrick Stewart), com trama ambientada no ano de 2029.
X-Men: Apocalypse (2016, Bryan Singer) - Fotos: 20th Century Fox

Em X-Men: Apocalipse, quando o mundo comemora os 10 anos de paz entre humanos e mutantes, após o incidente de Washington D.C., eis que En Sabah Nur/Apocalypse (Oscar Isaac), um mutante que viveu no Egito em 3600 A.C, ressuscita com o antigo desejo de assumir o controle do mundo. Para atingir o seu objetivo, ele forma um time com quatro discípulos: Ororo/Storm (Alexandra Shipp), Psylocke (Olivia Munn), Angel (Ben hardy) e Erik/Magneto (este, com mais um forte motivo familiar para odiar os humanos e querer vingança).

Em Nova York, Professor X e Hank/Fera conseguiram reabrir a escola de mutantes e contam com novos alunos; entre eles estão Jean Grey (Sophie Turner) e Scott Summers/Cyclops (Tye Sheridan), que chega ao local através do irmão, Alex Summers/Havok (Lucas Till). Por causa dos acontecimentos com Erik e sua família, ocorridos na Polônia, tanto Raven, acompanhada de Kurt Wagner/Noturno (Kodi Smit-McPhee), como Peter/Quicksilver (Evan Peters) vão procurar por Charles em busca de ajuda. Para fechar o time que lutará contra Apocalypse e seus quatro cavalheiros, os X-Men ainda contarão com o suporte intelectual de Moira Mactaggert (Rose Byrne).

20th Century Fox

Locações e sets:

No Canadá: a maior parte da ação desse filme foi rodada no MELS Studios e locações de Montreal, e em algumas partes de Quebec e de British Columbia. 

No mundo: durante os ataques ordenados por Apocalypse, Erik destrói boa parte dos cartões postais do mundo, entre os quais as pontes Manhattan e Brooklyn, em Nova York, e a Sydney Opera House, em Sydney.

Foto: Fran Mateus

Para curtir X-Men Apocalipse é preciso relevar  as diferenças entre ele e os outros filmes da saga. Citando algumas delas:

- A forma como Scott Summers conhece o Professor X aqui versus aquela mostrada em X-Men Origens: Wolverine;

- Devido a semelhança das datas entre a ação desse filme e a do início de X-Men 3: O Confronto Final,  note a forma como o Professor X (Patrick Stewart) chega na casa da pequena Jean, andando e acompanhado de Erik (Ian McKeller), e como esse trio aparece aqui;

- Como Angel e Kurt Wagner aparecem nesse filme e como eles são introduzidos na história de X-Men 3: O Confronto Final;

- Quicksilver e Hank participaram juntos da ação para resgatar Erik do Pentágono, em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, mas não mostram, nesse filme, nenhuma reação de que se conhecem;

- O final para Wolverine em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido e a forma incoerente como ele aparece nesse filme (aqui, eu acredito que o nosso querido mutante deve ter voltado só para dar aquela força para a turma jovem do filme).

Em suma, entenda esse filme como uma forma de rejuvenescer a franquia e de reapresentar muitos mutantes de um jeito que eles possam dar continuidade a saga em X-Men: Fênix Negra (estreia 06/06/2019) e em outros títulos, no futuro.

X-Men: Apocalipse é o 8º filme da minha Maratona X-Men

A saga continuará no próximo post.

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"