Personalidade do mês: Ewan McGregor

Foto: Fran Mateus
Vi Ewan McGregor pela primeira vez em Trainspotting. O ano era 1996 e eu fui ao Cine Belas Artes, em São Paulo, assistir àquela loucura toda, dirigida por Danny Boyle.

O filme chamou atenção do mundo do cinema e o rapaz deslanchou na sua carreira de ator. Desde então, ele atuou em filmes como Moulin RougeAnjos e Demônios (que estou assistindo enquanto escrevo este post) e Star Wars, dentre muitas outras produções bacanas (e algumas, nem tanto).

Para o meu prazer, tive a oportunidade de vê-lo atuando, ao vivo, na peça "The Real Thing", na Broadway, em Manhattan, novembro passado. E conferi que o homem é talento puro! Ele consegue nos fazer prender a respiração com os suspenses que cria, e darmos gargalhadas com sua veia cômica (coisas de súditos da rainha - Ewan é escocês, mas vive em L.A com a esposa, quatro filhas e um poodle terrier).

Quando a peça terminou, eu aguardei a sua saída, momento em que os atores principais (nesse caso, ele, a Cyntia Nixon e Maggie Gyllenhaal) dão autógrafos e interagem com o público. Foi uma experiência agradável: eu comentei que curto o trabalho dele desde Trainspotting, e ele tirou os olhos do papel que autografava para prestar atenção no que eu falava e olhar nos meus olhos. Educado e muito simpático! Algo que dizem ser raro em astros hollywoodianos. 

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"