Volta ao Mundo com a trupe de Velozes e Furiosos

Do primeiro ao último filme, muita coisa - boa e ruim -
aconteceu aos heróis da franquia Velozes & Furiosos.
Quando o sétimo filme estrear em 2015, "Velozes e Furiosos" estará completando 14 anos de existência! Desde o seu início, em 2001, a franquia viu muito fã adolescente entrar na maioridade, embalado pelos motores de Toretto e O´Connor. E viu, também, muita garota desejar ser igual a Mia ou a Letty (principalmente, pelos namorados que elas arranjaram). Se você faz parte do grupo de saudosos, que não aguenta mais esperar pelo próximo filme (mesmo sabendo que sentirá um vazio imenso pela perda de Paul Walker), eu tenho uma proposta a fazer: que tal dar um giro pelo mundo acompanhando a trupe mais querida dos apaixonados pela alta velocidade. Topa? Então vamos lá!


A viagem começa em 2001, sob a direção de Rob Cohen. Nas ruas abandonadas de Los Angeles, Brian O´Connor (Paul Walker) inicia sua corrida veloz em busca de uma gangue de ladrões de carga de caminhão, liderada por Dominic Toretto (Vin Diesel), um excelente corredor e namorado da ciumenta Letty (Michelle Rodriguez). Brian simula um interesse pela irmã do cara, Mia (Jordana Brewster, que tem sangue brasileiro correndo nas veias), para se aproximar da trupe. Acontece que O´Connor e Toretto acabam se tornando amigos, fato que faz um bem imenso para a continuidade dos filmes sobre corridas ilegais de ruas. As cenas foram rodadas por toda a Califórnia. Anote os points das corridas: Pacific Coast Highway, em Malibu; o Norton Air Force Base, em San Bernandino, e San Pedro, em Los Angeles, onde rola a cena final em que Brian libera Toretto.





Em 2003, Brian procura por um amigo de infância, Roman (Tyrese Gibson), e o convence a participar de uma operação para desmascarar um líder do crime organizado de Miami, Carter Verone (Cole Hower). Infiltrada nos domínios do vilão está Monica (Eva Mendes), também do FBI, a quem os rapazes precisam ajudar. A direção ficou por conta de John Singleton, que rodou o filme em Orlando, Cape Caveral, Boca Raton e Key West, só para citar alguns dos points da Flórida que aparecem na tela.




O terceiro filme da franquia foi lançado em 2006 e deixa bem claro a sua locação principal: Tóquio. Nele, o pós-adolescente "problema", Sean (Lucas Black, que retornará no filme 7) é enviado para o Japão, aos cuidados do pai, depois de aprontar todas nos Estados Unidos (cenas na Califórnia, nas regiões de Long Beach e Hawthorne). Neste filme, entra em cena o asiático mais simpático das telonas, Sung Kang, interpretando Han (personagem que reaparece dos filmes 4 ao 7 comendo muitos salgadinhos). A direção de Justin Lin começa aqui, com aulas ao público de como funciona uma corrida no melhor estilo drift japonês... Vin Diesel dá uma canja na última cena (que bom!)









Para alegria universal dos fãs da saga, nossos heróis favoritos, Toretto e Brian, retornam no filme de número 4.  Com locações que variam da República Dominicana ao Panamá e da fronteira do México à Califórnia, o diretor Justin Lin bota os meninos para correr - no melhor estilo Velozes e Furiosos de ser - à procura do vilão do filme, Braga (John Ortiz), o traficante responsável pela morte de Letty, que deve ser punido por isso. Gisele (Gal Gadot) surge aqui como uma garota que se apaixona por Dominic. Sem sucesso  no amor, ela torna-se amiga dele e permanece até o sexto filme.



Aha, Uhu, Velozes e Furiosos é nosso! Rio de Janeiro na telona e a trupe inteira invadindo a cidade para roubar o vilão-mor da vez, Sr. Reys (o carismático ator português, Joaquim de Almeida). Como nem tudo são flores, parte das locações mostradas no filme como sendo Rio, pertencem a San Juan, em Porto Rico. Bem, mas a favela Santa Marta é brasileiríssima, assim como a Cinelândia, que aparece algumas vezes na tela. A cena do trem foi feita nos Estados Unidos, em Rice, na Califórnia. Na foto ao lado, a turma posa na pedra da praia do Arpoador e Justin Lin firme e forte na direção do filme, que foi lançado em 2011.



O filme de 2013 começa com Brian e Dominic correndo feitos uns loucos (sempre!) até uma maternidade para encontrar Mia, que acabou de dar à luz ao filhinho dela e do ex-agente do FBI. Pouco depois, Luke Hobbs (Dwayne Johnson), que perseguiu os rapazes no quinto filme, retorna neste como 'best friend', desde que Toretto, O´Connor e Companhia ajudem-no numa missão, em Londres. O prêmio da turma seria resgatar Letty (que não morreu, como o quarto filme nos deixou acreditar). Mas Brian quer mais. Ele quer voltar a viver nos Estados Unidos com a sua nova família. Além da capital inglesa, Justin Lin filmou em Suffolk (cena do avião), em Glagow, na Escócia, e em Surrey, nos estúdios Shepperton (muito usados pelo inesquecível Stanley Kubrick). Fora do Reino Unido, cenas foram feitas nas Ilhas Canárias, Espanha, e em Hong Kong, na China.

Ô povo que queima combustível rodando o mundo! E, ô vontade de fazer o mesmo :-)



Como todo mundo sabe, vamos ver pouco de Paul Walker no sétimo filme, previsto para 2015. O ator faleceu num acidente de carro e dublês foram chamados para tentarem dar alguma continuidade ao papel dele. As cenas prometem imagens dos Estados Unidos (Los Angeles e Atlanta) e de Abu Dhabi. É esperar para ver e minimizar um pouco da saudade do nosso eterno tira-corredor !

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"