Frida e o México



O filme Frida (2002) retrata a vida da pintora Frida Kahlo (1907 - 1954), uma mulher que sofreu muito com doenças (poliomielite sendo o seu principal martírio), acidentes (foi perfurada por um para-choque de um veículo) e com as crises matrimoniais com seu conjuge, Diego Rivera (um artista talentoso, mas que a traia constantemente, inclusive, tendo seis filhos com a irmã da própria pintora). Apesar de tudo, Frida deixou de legado uma quantidade considerável de telas, muitas classificadas como surrealistas, algo que ela refutava: Pensavam que eu era uma surrealista, mas eu não era. Nunca pintei sonhos. Pintava a minha própria realidade.

Salma Hayek e Alfredo Molina dão vida à Frida e Diego, no filme dirigido por Julie Taymor. As cenas externas foram realizadas em alguns lugares do México, como o Barrio del Alto, em Puebla e na cidade de San Luis Potosí. As cenas de interiores foram feitas nos Estúdios Churubusco Azteca, em México City. Se desejar saber mais sobre a pintora mexicana, conheça o site sobre o museu que conserva o seu acervo: "Museo Frida Kahlo"

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"