Vivendo e estudando em Sydney: a 'Matrix' australiana

Foram dois meses vivendo e estudando na 'Matrix'. Traduzindo: morando na cidade de Sydney, na Austrália e passando por uma experiência inesquecível.

A construção da Ópera House começou em 1958
e o prédio foi inaugurado em 1973. Diz a lenda que o arquiteto
Jorn Utzon teve a ideia do formato do
telhado ao descascar uma laranja.

Cheguei 1 semana antes do início das aulas de Business English. A ideia era conhecer um pouco de Sydney e ir me acostumando ao sotaque australiano. Minha primeira providência foi visitar a Ópera House. É um prédio belíssimo e tem umas visitas guiadas para lugares que você nem imagina que existam ali dentro!

Morpheus (Laurence Fishburne),
Neo (Keanu Reeves) e
Trinity (Carrie-Anne Moss).

Umas das minhas curiosidades em relação a cidade era descobrir os locais onde o filme 'Matrix' havia sido rodado. Resolvi assistí-lo novamente (tem outro sabor ver o filme na sua cidade de origem!) para localizar os cenários. A cena da loira vestida de vermelho, por exemplo, foi feita na Martin Place (carinhosamente conhecida por lá de 'Matrix Place'). 


Esta é uma das cenas mais lembradas do filme:
a mulher de vestido vermelho que fascinou Neo.
Veja a foto abaixo feita no local desta cena. 


Como "...ninguém pode dizer o que a Matrix é...
você tem que vê-la por si mesmo",
decidi visitar a 'Matrix Place' e entender o
que Morpheus queria tanto ensinar a Neo.
O resultado foi esta foto na Martin Place, centro de Sydney.
Confesso que amei conhecer este lugar!

Eu tinha uma turma muito legal no curso, que fiz na SELC (Sydney English Language Center). Muitos coreanos e japoneses, outros da Suiça (na mesma sala, tinhamos um colega da Suiça 'francesa' e outro da Suiça 'alemã'), alguns da Europa do Leste e, exceto pelo Brasil, eram poucos os estudantes oriundos das Américas do Sul e Central.

As despedidas dos colegas que terminavam o curso
eram feitas com uma celebração regada a café.
Aqui, estamos na Starbucks do Westfield Bondi Junction,
no encerramento do curso para Silvio (o loiro, suiço)
e Zuki (o japonês que está de 'boina').
Os demais alunos são, no sentido horário:
Kyoko, Heian, eu, Minji, Dion (de boné branco), Taka e Eko. 

Sydney tem muito o que oferecer ao turista, especialmente, nos quesitos 'praias badaladas' e 'beleza exuberante'. A praia mais conhecida é a Bondi Beach, apesar de eu ter gostado mais da Bronte Beach, bem familiar e com umas mesinhas de madeira próximas da areia, perfeitas para se apreciar o fim de tarde (fiz muito trabalho da escola sentada nestas mesinhas. Quando você se cansa de estudar, olha para o mar e relaxa. Muito bom!)

Outros lugares imperdíveis: o Darling Harbour, o Royal Botanic Gardens, as The Rocks, o Queen Victória Building, a Grand Central Station e o Art Gallery of New South Wales.

Para os padrões brasileiros, 2 coisas são intrigantes: o horário de fechamento dos shopping centers (às 17hs) e a sensação de poucas pessoas nas ruas (a Austrália tem quase o mesmo tamanho do Brasil, com uma população equivalente a da Grande São Paulo). Em relação ao primeiro ponto, os aussies sabem muito bem como aproveitar a vida, e não é dentro de loja, fazendo compras. Sobre a pouca quantidade de gente, quando o objetivo é ver multidão, corre-se para o Circular Quay: um lugar super-animado, repleto de barzinhos e de turistas do mundo inteiro.

Se você superar a distância (são cerca de 26 horas de vôo, com ida via Argentina e Chile. Pela África, são 30 horas de vôo), a Austrália - e a Nova Zelândia - são destinos maravilhosos, que merecem ser conhecidos!

Eu planejo voltar lá algum dia...

Comentários

  1. Olá, vi que você fez um curso de business english em Sydney. Estou em dúvida entre fazer esse curso ou o general english na ELC e queria ouvir sua opnião sobre o curso que fez. Se puder, me manda um email, por favor. saskiafl@gmail.com
    Obrigada!
    Sáskia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fale conosco

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"