Viaje com Bond, James Bond - Anos "Sean Connery"

Sean Connery como "007", criação de Ian Fleming em 1953
James Bond, o agente secreto mais famoso de todos os tempos, representa o tipo de homem que quase todos os demais gostariam de ser: bonito, elegante, cínico, durão, exímio lutador, que vive acompanhado de lindas (e perigosas) mulheres, está sempre dirigindo os carros mais equipados do planeta, possui permissão para matar o vilão, é frequentador dos melhores hotéis do mundo, tem um paladar sofisticado para bebidas e comidas, etc, etc, etc...

Para mim, uma fã incondicional de boas viagens repletas de cenários de cinema, 007 representa o guia turístico perfeito quando o assunto é roteiro carregado de adrenalina pura. Acompanhe neste blog o tour do agente querido pela maioria das mulheres (afinal, nem todas curtem o tipo "sou o máximo!") e invejado e/ou admirado pelos demais homens do planeta.

Dividerei as postagens sobre Bond em 4 partes: esta, que apresenta os primeiros filmes da franquia 007, com interpretações de Sean Connery, o primeiro espião britânico do MI6, e de George Lazenby, que só apareceu em um filme da série. A segunda parte, que apresentará as viagens dos anos de Roger Moore. A terceira etapa será dedicada ao meu agente favorito, Pierce Brosnan e, a última parte, ao mais novo agente da temporada: Daniel Craig.

Qual quer que seja o intérprete, os destinos de James Bond serão sempre os mais bacanas e exóticos do planeta. Em comum, todos os filmes contam com uma cidade essencial: Londres (elementar, meus caros leitores...).

"007 contra o satânico Dr. No" (Dr. No): o primeiro filme com James Bond foi lançado em 1962 e apresentou Ursula Andress como a primeira Bondgirl ao mundo. A Jamaica foi o destino principal do nosso agente. 



"Moscou contra 007" (From Russia with love, 1963): nosso agente é enviado para Istambul, viaja no famoso trem O Expresso do Oriente e, entre um tiro e outro, faz um tour de ação e romance por Veneza, na Itália.



"007 contra Goldfinger" (Goldfinger, 1964): Suiça e Estados Unidos são os destinos do nosso agente. Paquerador como só ele, Bond se diverte bastante pelos lados de Miami.



"007 contra a chantagem atômica" (Thunderball, 1965): muita ação e explosão de bombas em Nassau, Bahamas.



"Com 007 só se vive duas vezes" (You only live twice, 1967): muita adrenalina do outro lado do planeta, no Japão.



"007 a serviço secreto de Sua Majestade" (On Her Majesty´s Secret Service, 1969): George Lazenby representa o sedutor agente pela primeira e única vez. O homem dá uma rápida passada pela Suiça, mas faz a festa mesmo é em Portugal.



"007 - Os diamantes são eternos" (Diamonds are forever, 1971): Sean Connery volta ao papel do espião britânico e encerra a sua carreira como 007 fazendo um tour que passa pela África do Sul, Paises Baixos e Estados Unidos... tudo regado a vodka-martini, batida, não mexida...



Sean Connery se despediu do agente, mas deixou a sua marca impregnada. Até hoje, a maioria dos homens preferem os filmes feitos por ele. A opinião das mulheres diverge um pouco da dos rapazes. Muitas, como eu, preferem Pierce Brosnan, mas esta é uma outra história e fica para uma próxima postagem.

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"