"Minhas tardes com Margueritte"

Delicado, melancólico e alegre ao mesmo tempo: assim é o filme "Minhas tardes com Margueritte".


Gérard Depardieu é Germain, um cinquentão quase analfabeto, que sempre foi destratado por professores, colegas e, pior, pela mãe. Apesar do seu jeitão meio rude, ele é um homem de bom coração, que tenta demostrar sua compreensão pelos problemas dos outros. Gisèle Casadeus é Margueritte, uma velhinha de 95 anos, que mora num asilo e ama a leitura. Por hábito, ela gosta de desfrutar seus livros sentada no banco de uma praça repleta de pombos. Ambos se encontram, ela passa a ler para ele, que volta a se interessar pelas palavras. Dos encontros nas tardes parisienses, nasce uma profunda amizade.


A história se passa em Paris, mas pouco se vê da cidade. E, o que se vê não faz referência aos seus famosos cartões-postais. Mas, quer saber, pouco importa, melhor que seja assim. O filme tem uma mensagem linda, atemporal e que pode acontecer em qualquer lugar do mundo.


Com direção de Jean Becker, o filme foi baseado no livro "La Tête en Friche", escrito por Marie-Sabine Roger. São 82 minutos de pura emoção e vontade de quero mais.

Comentários

  1. Olá Fran, tudo bem?
    Vi seu comentário no meu blog. Fico muito feliz que tenha gostado. Aliás meu nome é Tatiane...rs
    Adorei a história deste filme! Vou procurá-lo para assistir... Adoro o Gérard Depardieu... Ele mostra uma vivacidade nos personagens que interpreta que muito me emociona.

    Gosto muito da idéia do seu Blog.
    Parabéns e Sucesso.

    Abraços,

    Tati - A Cineasta

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fale conosco

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"