Sinfonia de Paris

Divulgação

Estava fazendo uma releitura do livro "E foram todos para Paris", uma joia rara, criada pelo jornalista Sergio Augusto, quando dei-me conta de que ainda não tinha assistido "Sinfonia de Paris" (An American in Paris, 1951), o filme que despertou no escritor o desejo de conhecer a Cidade Luz e a história de toda uma 'Geração Perdida', que ali viveu na década de 1920.  Tratei logo de corrigir o assunto.



Divulgação
Foi uma experiência boa ser apresentada a Jerry Mulligan (Gene Kelly dá um show de sapateado e de carisma), entre as suas idas e vindas ao bairro de Montmartre, e de conhecer a sua turma de amigos e conquistas femininas, todos de uma 'geração' próxima a de Hemingway, Fitzgerald e companhia em termos de residência na capital francesa. Curiosamente, a Paris do filme do diretor Vincente Minelli foi produzida nos antigos Estúdios da MGM, mas o seu encanto é intenso (não vou dizer que igual a ver a Paris de verdade na telona, mas tem lá o seu charme). O filme é indicado para quem gosta de clássicos e antigos musicais. O livro (mais recente, de 2011) eu indico para todo mundo. É uma delícia de ler e reler!


Anote o endereço:
The Historical MGM Studios
(Atualmente, Sony Pictures Studios)
10202 W. Washington Boulevard, Culver City, CA. 

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"