Michael Corleone, o 'padrinho' na Sicília


Al Pacino no papel de Michael Corleone

Michael Corleone é um dos mafiosos mais adorado de toda a história do cinema! Ele assumiu a posição de “Padrinho”, no filme O Poderoso Chefão, quando o seu pai, Vito ‘Andolini’ Corleone sofreu um atentado e não se recuperou totalmente, passando, assim, o comando para o filho caçula. Viagem de Cinema fez uma pesquisa sobre os lugares onde Michael morou e constatou que a Sicília foi a região que mais fascínio exerceu sobre nosso anti-herói. Confiram:

Michael Corleone no Bar Vitelli.

No filme O Poderoso Chefão (The Godfather, 1972), Michael refugia-se na Sicília após assassinar Solozzo, o inimigo que atentou contra a vida do seu pai. Lá, ele apaixona-se por Apollonia. Após conversar com o pai dela, no Bar Vitelli, localizado na cidadezinha de Savoca, ele e a jovem iniciam um breve namoro e casam-se na Igreja San Nicoló, construída no alto de uma colina. O casal vai morar numa casa cedida pelo protetor de Michael, Don Tommasino, até o local tornar-se inseguro para ambos. Apesar de a Máfia ter Michael em seu radar, é Apollonia quem paga o preço pela origem do marido.


Não pense, todavia, que esta foi a primeira vez que Michael esteve na Sicília. O Poderoso Chefão – Parte II (The Godfather Part II, 1974) nos mostra que, quando garotinho, por volta dos seus 3 anos de idade, ele visitou o lugar com a família e chegou na estação de trem local no colo do papai.



A viagem feita por ele em O Poderoso Chefão – Parte III (The Godfather Part III, 1990), chegando pela estação de trem de Bagheria, em Palermo, não foi feliz para o nosso mafioso preferido. Michael e Kay, separados desde o segundo filme, vão à Sicília assistir a apresentação da ópera ‘Cavalleria Rusticana’ feita por Antony, filho de ambos. Todo mafioso do calibre de Michael, que acumula perigosos inimigos pela vida, acaba sofrendo um golpe no coração quando algum dos desafetos decide ir à desforra. E a vingança, para ele, surgiu vestida de um padre que assassina a sua filha, Mary, na sua frente. Desgostoso, solitário e sentindo-se mais morto do que vivo, o Padrinho acaba os seus dias na mesma casa siciliana onde viveu com sua primeira esposa (a casa aparece nos três filmes). Um final triste para o mafioso mais famoso de todos os tempos!

Comentários

  1. Juliana Pinheiro02/07/2023, 23:22

    essa trilogia é incrível, me fascina em todos os detalhes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E demais mesmo, Juliana! Roteiro, atores, locações, tudo :-)

      Excluir

Postar um comentário

Fale conosco

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"