"Perfume de Mulher", um tour deluxe por Manhattan


Em Perfume de Mulher (Scent of a woman), Frank Slade (Al Pacino, esplendoroso!) é um Tenente-Coronel aposentado que ficou cego no campo de batalha. De temperamento dificil e achando que a sua vida perdera o sentido, ele decidiu despedir-se dela com um sofisticado e prazeroso tour por Manhattan, durante o feriado de Ação de Graças.

Para acompanhá-lo, Frank contrata o jovem Charlie Simms (Chris O´Donnell em seu primeiro papel de destaque), um jovem estudante que estava passando por um problema escolar que podia custar-lhe a bolsa de estudos e tinha de resolvê-lo quando retornasse ao Baird School, em New Hampshire. 

Em Manhattan, após uma viagem de primeira classe, 
Frank e Charlie hospedam-se no Waldorf-Astoria,
considerado pelo exigente coronel como o centro da civilização.
  
O 'tour deluxe' continua com um jantar no exclusivo Plaza´s Oak Room,
onde Frank e Charlie falam um pouco das suas vidas e problemas.
O coronel ama as mulheres acima de tudo,
enquanto Charlie nunca teve a atenção de uma figura paterna.
  
O momento mais delicioso de 'Perfume de Mulher', e pelo qual o filme 
será sempre lembrado, é o da cena da dança entre Frank e Donna,
no The Pierre. Depois dela, 'Por una Cabeza' entrou na
lista dos hits de tango mais solicitados de toda uma Era.
  
Para animar o coronel, Charlie leva-o para um passeio numa Ferrari e consegue,
com muito esforço, tirar a ideia de suicídio da cabeça do velho homem.

Frank retribui o esforço e o carinho de Charlie acompanhando-o 
na assembléia de disciplina escolar do Baird College.
O discurso do coronel em defesa do jovem foi a segunda
cena mais emocionante do filme (a primeira, para mim, 
sempre será a de Frank e Donna dançando 'Por una cabeza').
  
Para finalizar o passeio, nada melhor do que lembrarmos os 'perfumes das mulheres'
que passaram pelo caminho do nosso sedutor personagem:
"Floris", a colonia inglesa de Daphne, a aeromoça;
"Mitsouki", o sensual perfume da esposa do sobrinho;
"Ogilvie", o sabonete que Donna ganhou da avó; e,
"Fleurs de rocailles", a frangância da professora Christine Downes.

 Merecidamente, Al Pacino ganhou o Oscar de Melhor Ator de 1992 pela sua interpretação neste filme, que teve direção de Martin Brest.

Comentários

  1. adorooooooooo Vejo todas as vees que passa na TV

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um filme que nos deixa com um sorriso no rosto, com vontade de aprender tango e, ao mesmo tempo, nos faz refletir um pouco sobre os valores, né? Bom demais!

      Excluir

Postar um comentário

Fale conosco

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"