"Como criar um filme" por Selton Mello

Na quarta-feira (26), Maria Fernanda Cândido e Selton Mello apresentaram a
palestra "Como criar um filme", na Casa do Saber.

Muito do que se falou foi em torno da criação de "O Palhaço", filme escrito e
dirigido por Selton e que tornou-se o representante do Brasil para o Oscar de 2013.


"O Palhaço" nasceu de uma dúvida que Selton tinha sobre o seu papel como ator.
Ele estava repensando a sua carreira e tinha interesse em explorar 
outras formas de fazer arte. Selton queria realizar uma produção que pudesse
ser comercial e reflexiva ao mesmo tempo.
Assim nasceu um filme singelo, sútil e belo.
   

Quando houve a abertura para perguntas, eu aproveitei a oportunidade para saber mais sobre como são escolhidas as locações usadas nos filmes. Selton explicou-me que elas surgem da negociação com o diretor de arte. Geralmente, acontece de uma rua, praça, ambiente ter a cara de determinada cena. Se os fatores 'tempo' e 'distância' não foram impedimentos, então eles usam aquele espaço no filme. Exemplo: o hotel onde os atores estão hospedados fica a cerca de 2 horas de distância de um lugar que eles pensam ser ideal para a cena, mas é muito dificil fazer a locomoção do grupo no tempo certo para o filme, então eles encontram outro lugar mais próximo e adequado para a gravação.
Sobre o trabalho de criação e direção de um filme, anotei algumas dicas interessantes dadas por Selton Mello: 
  • Escrever é um trabalho solitário e exige muita disciplina.
  • O diretor tem que fazer a parceria certa para que cada um possa focar no que mais gosta de fazer.
  • Não se deve querer fazer mais do que o filme pede.
  • Quanto mais simples o filme, maior a sua beleza. Porém, o 'simples' não significa fazer algo 'simplório'.
  • É importante estudar muito a respeito do tema que está escrevendo e dirigindo.

A minha impressão a respeito de Selton Mello já era muito boa antes da palestra. Depois dela, passei a admirá-lo mais como ator, roteirista e diretor. Ele é um cara bacana, divertido e sem afetações. É antenado com o presente e o futuro, mas não deixa de lado as suas raízes (usar no filme as músicas que o pai ouvia quando Selton era um garoto e homenagear a sua cidade natal, Passos/MG, em "O Palhaço", são alguns exemplos disso).
Se o filme já contava com a minha torcida para ser finalista do Oscar, agora, minha vibração aumentou. Que o prêmio venha para as mãos do talentoso Selton Mello e o seu belíssimo "O Palhaço".

Comentários

  1. Vamos torcer por esse belo filme. Que legal a oportunidade de ver o Selton falar. E ótima iniciativa também blogar o que aconteceu, tento sempre fazer isso nos cursos, mas nem sempre dá tempo. Abs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Fale conosco

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"