"Porqué esto es África" e "Invictus"


"Tsamina mina eh, eh
Waka Waka eh, eh
Tsamina mina zangalewa
Porqué esto es África"
 (Shakira)

Minha paixão pela África do Sul começou através do contato com duas palavrinhas muito familiares do imaginário local: 'Durban' e 'Rovos'.

Durban é o terceiro centro urbano do país e é considerada
a mais africana de todas as províncias. A cidade é um caldeirão étnico 
onde as tradições do povo zulu se misturam à influencia indiana.
Com vistas para o Oceano Índico e praias aquecidas
pelas correntes de águas oriundas de Moçambique, a cidade é um daqueles
destinos que povoam o imaginário do mais apaixonado viajante.

Quando li sobre o Rovos Train pela primeira vez, foi sobre a rota Durban - Pretória.
Foi paixão à primeira leitura e visão de fotos do seu interior esplendido.
Desde então, acalento a ideia de conhecer a África do Sul à bordo desse belo trem eduardiano.
Verdadeiras aulas de história, alguns dos trens a vapor do Rovos
possuem vagões que datam do século XIX. Além do requinte só oferecido por hotéis com muitas estrelas, e do prazer de estar dentro de uma locomotiva cheia de charme, você pode admirar as lindas paisagens africanas através das suas imensas janelas.




Na busca por um filme que representasse a África do Sul da forma mais honesta possível - política, econômica, cultural e geograficamente, cheguei até "Invictus", cujo roteiro trata sobre a vida de Nelson Mandela, desde a sua saída da prisão, em 1990, até o seu primeiro ano de governo, em 1994, quando ele se viu diante do desafio de encontrar uma forma para unificar o seu povo.

Dirigido por Clint Eastwood, "Invictus" é um filme inspirador, especialmente, por se basear na história de vida do líder africano, que não foi das mais fáceis.
Nele, a África do Sul é um país racista e dividido por conta do
apartheid  (segregação racial entre brancos e negros, que predominou por cerca de 40 anos no país).  
Nelson Mandela (interpretado por Morgan Freeman) viu na Copa do Mundo de Rugby,
que seria realizada pela primeira vez em seu país no ano de 1995,
a oportunidade para reduzir as diferenças raciais entre o seu povo.
Um desafio tão grande quanto o de acabar com o apartheid, foi o de fazer com que um time desacreditado por inúmeras derrotas consecutivas, fosse adorado por
todos (especialmente, pelos negros, que apreciavam mais o futebol como esporte). Mandela passou a, literalmente, vestir a camisa do time e de ter como lema o slogan: "Um time, um país"

O presidente sul-africano encontrou no capitão do Springboks,
Francois Piennar (interpretado por Matt Damon), o parceiro que precisava para a sua causa.
No momento em que conheceu Mandela, Francois passou a nutrir um respeito e admiração imensos pelo presidente e virou seu maior colaborador, empenhando-se bravamente para fazer com que o seu time se tornasse o campeão do mundo dentro do próprio país, ajudando Mandela a atingir o seu objetivo tão nobre.
É um filme emocionante para quem ama esporte, gosta de copa do mundo (mesmo que o esporte em questão não seja o futebol) e adora histórias reais de superação.

No início do seu plano, com o objetivo de conversar com Francois sobre a liderança do time para a Copa do Mundo, Mandela convidou o líder esportista para tomar chá no Palácio Presidencial. A sede do governo sul-africano está localizada em Pretória, uma cidade linda que fica a 48 km de Joanesburgo.

Além de ser a capital administrativa da África do Sul, Pretória também é a sede da companhia Rovos Rail, cujos trens partem da Capital Park Station, rumo a destinos próximos, como Cape Town, ou distantes, como a cidade do Cairo, no Egito.

Um dos destinos mais procurados do mundo é a Cidade do Cabo.
Para os amantes das paisagens de cinema, a cidade oferece vistas belíssimas do alto da Table Mountain, ou em um tour mais 'pé no chão', como o da Rota Jardim.
Para quem curte uma noitada regada a um bom som de jazz, o que não faltam são opções por aqueles lados. E, para os turistas amantes da história, dois points mundialmente conhecidos podem ser alcançados desde Cape Town: o Cabo da Boa Esperança, chamado de 'a curva do mundo'; e a Ilha Robben, uma colônia penal que virou a prisão de segurança máxima para onde Mandela foi mandado e trancafiado por muitos anos de sua vida.

Se você decidir visitar a África do Sul, tente conhecer o país desde a janela de um trem. Não existe meio de transporte mais delicioso no mundo. Se não puder ser no Rovos, que seja em um daqueles com um ambiente agradável e que permita a visão das belas paisagens com o conforto que você merece. Lembre-se de que "O viajante ainda é aquilo que mais importa numa viagem" (André Suarès).

"Foges em companhia de ti próprio: é de alma que precisas de mudar, não de clima"
Sêneca



Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"