Lisboa: a viagem de Marco e Rosa por Portugal

Dois amigos queridos, Marco Antonio e Rosa Maria, fizeram uma viagem maravilhosa por Portugal. Curta aqui algumas das sugestões feitas por Marco, ilustradas por fotos de Rosa, para um tour por Lisboa.


Sobre Lisboa

"A atual capital só assumiu esse status em 1147, quando Dom Afonso Henriques (primeiro rei português) derrotou os mouros e assumiu a cidade. Ele estabeleceu a residência real no Castelo de São Jorge, fortaleza e cidadela fortificada que domina toda a cidade e o Tejo. A região que fica entre o rio Douro (Porto) e o rio Tejo (Lisboa) era chamada de Lusitânia - daí a denominação dos lusitanos - e era habitada por tribos de celtiberos.


Lisboa tem 7 colinas no seu entorno, assim como Roma.


Alfama: bairro que congrega a parte mais antiga de Lisboa. Os ricos e abastados que ali moravam, trocaram o bairro por outros temendo a ação de um terremoto. Assim, os marinheiros, os pobres e os imigrantes sem recursos, passaram a dominar o bairro. Quando houve o terrível terremoto de 1755, a Alfama foi dos poucos lugares que não sofreram com a destruição que abateu Lisboa, ironicamente.

Baixa: destruído pelo terremoto, esse bairro foi recriado pelo marquês de Pombal. É sede dos bancos, comércios, lojas e escritórios. Subindo pela rua Augusta, temos acesso a tudo isso.



Largo do Rossio: local de grandes manifestações populares. A estátua que está lá é de Dom Pedro IV, o nosso Dom Pedro I, que lutou pela volta da monarquia constitucional ao país.



Bairro Alto: é uma espécie de Vila Madalena portuguesa. Ali estão os boêmios, os atêlies dos artistas, bares, tascas (pequenos restaurantes cuidados pelas próprias famílias) e locais de shows.

Chiado: parte elegante do Centro. Lá estão alguns cafés famosos, como A Brasileira, onde Fernando Pessoa fazia ponto todas as tardes. Há outro café, também famoso, denominado Nicola, onde o poeta Manoel Maria Du Bocage ia tomar a sua bica (cafezinho para eles).

Sugiro uma noitada numa casa de fados. Há o restaurante e a casa de show A Severa, inspirado em uma famosa cantora de fados, filha de mãe portuguesa e pai cigano. Ela era uma mulher muito bonita e foi a paixão de um nobre português por muitos anos. Há músicas em sua homenagem como o fado que diz "...da Severa a voz saudosa e a cidade a soluçar..."

Perto de Lisboa temos a cidade de Belém, quase um bairro de Lisboa, que teve em Alexandre Herculano um dos seus prefeitos.


Torre de Belém: ficava no meio do rio Tejo, fiscalizando as mercadorias que entravam e saiam de Lisboa. Misto de alfândega e fortaleza. Foi construída de 1515 a 1521. Hoje, hospeda o Arquivo nacional, denominada Torre do Tombo. Ela ficava no meio do rio, com o passar do tempo, cinco séculos depois, após assoreamentos e aterros, encontra-se na margem esquerda do Tejo.

Pastéis de Belém: aqui está a confeitaria que criou a delícia portuguesa, pastéis assados de nata e baunilha, com receita original do séc. XIX.

Marco dos Descobrimentos: monumento em homenagem à coragem e ao conhecimento dos grandes navegadores. Olhando-se a face esquerda temos: Dom Henrique, o navegador, o rei Afonso V, Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral (de mão no peito) e Fernão de Magalhães.

Mosteiro dos Jerônimos: foi construído no auge do poder e da riqueza de Portugal, em 1501, por ordem de Dom Manoel I, em homenagem aos grandes descobrimentos. Exemplo de arquitetura manoelita (gótico tardio), tem uma nave magnífica e lá estão alguns dos túmulos de portugueses famosos como os reis Manoel I, Dom João III, Dom Sebastião, Camões, Vasco da Gama e Fernando Pessoa.

Comentários

CONFIRA TAMBÉM:

"Estômago", filme de primeira e locações em Curitiba

Sex and the City 2: Abu Dhabi x Marrakesh

221B Baker Street - o famoso endereço de Sherlock Holmes e Dr. Watson

Filme de viagem: "O Turista" no Hotel Danieli, em Veneza

Roma em "Comer, Rezar, Amar"

"007 - Cassino Royale" e as locações em Veneza

"O Código Da Vinci" em Paris e Londres

Verona e Siena em "Cartas para Julieta"